Cristina Amaral é atração desta sexta-feira na Fenearte

Público poderá conferir músicas consagradas na voz de Cristina, como “Eu sou o forró” e “Cidade Grande”.

Público poderá conferir músicas consagradas na voz de Cristina, como “Eu sou o forró” e “Cidade Grande”.

Com um repertório recheado de grandes sucessos, a cantora Cristina Amaral será a grande atração desta sexta-feira na XI Fenearte – Feira Nacional de Negócios do Artesanato. O show tem início às 21h. Também se apresentam no local João do Pife e Arlindo dos 8 Baixos. Os ingressos para Fenearte custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (estudantes, crianças até 12 anos, professores e pessoas com mais de 60 anos) e estão à venda nos shoppings Tacaruna, Plaza e nas bilheterias do pavilhão do Centro de Convenções.

No show, o público poderá conferir músicas consagradas na voz de Cristina, como “Eu sou o forró” e “Cidade Grande”, além de outros sucessos, distribuídos nos nove discos gravados pela cantora. A apresentação também contará com sua nova música de trabalho “Caruaru é Roma pegando fogo”.

Escute|Cristina Amaral – Caruaru é Roma pegando fogo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Fenearte funciona como ponto de convergência de artesãos de Pernambuco, de todos os estados do Brasil e de 28 países. A riqueza dessa diversidade cultural poderá ser conferida na moda, na decoração, na gastronomia, na música, em mais de 800 espaços. A estimativa é movimentar R$ 27 milhões em negócios durante os seus dez dias, além de receber um publico 270 mil visitantes.

História - Pernambucana de Sertânia, começou suas atividades artísticas ainda criança quando fez parte de um grupo jovem, onde cantava em templos da Igreja Católica. Em seguida, foi convidada a participar da Orquestra Marajoara como vocalista, depois ingressou no Grupo Os Tropicais, onde dividiu o palco com Flávio José durante alguns anos.

Em 1990 iniciou sua carreira solo, vencendo o Festival Recifrevo. No ano seguinte, em 1991, participou do Festival Canta Nordeste da Rede Globo de Televisão, conseguindo a segunda colocação além de ser premiada como melhor Intérprete com a música “Cidade Grande” do poeta Petrúcio Amorim. Ao longo de sua carreira solo contabilizou vários sucessos nos cinco discos gravados.

Texto publicado em Fim de Semana, Notícias, Shows com as tags , , , , , , . Link direto: URL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>