Quinteto Violado realiza turnê em homenagem a Dominguinhos

Quinteto Violado realiza turnê em homenagem a Dominguinhos

O Quinteto Violado (Dudu Alves, Marcelo Melo, Roberto Medeiros, Ciano Alves e Sandro Lins) cai na estrada para homenagear um dos maiores nomes da música regional do Brasil. Com patrocínio dos Correios e Produção Geral da Pentagrama, o espetáculo Quinteto Violado canta Dominguinhos vai percorrer 11 capitais brasileiras mostrando a história de Dominguinhos e a versatilidade musical do grupo Quinteto Violado, que assina a Direção Musical. Os shows também contarão com a participação do sanfoneiro Cezzinha, herdeiro musical de Dominguinhos. Os ingressos serão vendidos nos locais das apresentações a preços populares.

O projeto Quinteto Violado canta Dominguinhos será um espetáculo musical em homenagem a um dos maiores artistas brasileiros, no qual será executada sua obra musical de mais de 50 anos de estrada. O espetáculo será dividido em três fases e terá um projeto cênico retratando vários momentos do artista. No repertório grandes sucessos como Forró de Dominguinhos e Sete Meninas, compostas ao lado de Toinho Alves, Abri a Porta, Tenho Sede, Só Quero um Xodó, entre outros. O projeto faz parte da série “Quinteto Violado canta….”, onde outros nomes como Geraldo Vandré, Jackson do Pandeiro, Adoniran Barbosa e Zé Marcolino, ja foram registrados pelo grupo. Nos shows o publico terá a oportunidade de levar Cds e DVDs do grupo autografados.

O caminho do Quinteto Violado e o de Dominguinhos está cruzado desde o início. O grupo aprendeu com ele e logo fez um arranjo instrumental para o forró que denominaram “Forró de Dominguinhos”. Em 1974, o Quinteto Violado montou o espetáculo “A Feira”, que trazia no elenco uma ainda desconhecida atriz/cantora de nome Elba Ramalho, trazida de Campina Grande. Após a estreia no Rio de Janeiro, o espetáculo assumiu uma versão itinerante para viajar o Brasil, que teve como convidado o sanfoneiro Dominguinhos. Daí teve seguimento a relação de cumplicidade artística e de afinidade musical.

QUINTETO VIOLADO – O grupo recebeu em 2014 o “Prêmio da Música Brasileira, como Melhor Grupo Regional do Brasil” pela quarta vez, e a indicação ao“ GRAMMY LATIN 2014”, além de receber a “Ordem do Mérito Cultural” do MINC pela importante contribuição a música do Brasil. O Quinteto Violado surgiu em Pernambuco em 1971. Desde a estreia, traçava um novo caminho para MPB com o estilo FREE Nordestino, onde se utilizam da influência da música do mundo sem perder a essência nordestina. Diante da indecisão no cenário da música nacional, após a irrupção do movimento tropicalista, o Quinteto Violado apresentava uma proposta fundamentada nos elementos musicais da cultura regional, através de trabalhos de pesquisa e da própria vivência de cada um dos seus integrantes, originários da região Nordeste do Brasil. Já são mais de 40 anos de trabalho, que intercalam pesquisas, espetáculos, discos, festivais e excursões internacionais e nacionais. A saga do Quinteto Violado percorrendo o Brasil é inspirada numa filosofia mambembe, desde o sul, com toda a sua influência nativista, até a Amazônia, onde ritmos e sons da natureza falam mais alto. Sua obra hoje está registrada em livro, DVDs e mais de 49 discos lançados no Brasil e no exterior.

CEZZINHA – Cézar Thomaz ou CEZZINHA, como é conhecido, é autodidata e começou a carreira aos 13 anos por incentivo do pai. Seus primeiros passos no caminho da profissionalização musical aconteceram ainda na adolescência, na Orquestra Sanfônica. Uma vez na Orquestra, Cezzinha fez diversas apresentações, a convite de Terezinha do Acordeon, por todo o estado de Pernambuco, sempre chamando atenção das pessoas por ter pouca idade, e detentor de um talento musical nato. Rapidamente, Cezzinha tornou-se um grande instrumentista, e suas habilidades surpreenderam grandes nomes do cenário musical brasileiro. O músico Dominguinhos, foi o primeiro a reconhecer sua desenvoltura e passou então, não só à convidá-lo para participar de seus shows, como também à indicá-lo para acompanhar vários artistas.

COMPONENTES DO QUINTETO VIOLADO
MARCELO MELO – VIOLÕES, VIOLA e VOZ
ROBERTO MEDEIROS- BATERIA, PERCUSSÃO e VOZ
DUDU ALVES – TECLADOS e VOZ
CIANO ALVES – FLAUTAS e VIOLÃO
SANDRO LINS – BAIXO

CONVIDADOS ESPECIAIS:
CEZZINHA – SANFONA E VOZ
RAMINHO – PERCUSSÃO

Serviço
Quinteto Violado canta Dominguinhos
MAIO/2015
21 – (quinta-feira) – São Luis – MA – Teatro Arthur Azevedo – 21h
22 – (sexta-feira) – Fortaleza – CE – Teatro Via Sul – 21h
23 – (sábado) – Natal – RN – Teatro Alberto Maranhão – 20h
28 – (quinta-feira) – Aracaju – SE – Teatro Tobias Barreto – 21h
29 – (sexta-feira) – Maceió – AL – Teatro Deodoro – 21h
30 – (sábado) – Recife – PE – Teatro RioMar – 21h

JUNHO/2015
03 – (terça) – Rio de Janeiro – RJ – Teatro do Espaço Furnas Cultural – 19h
04 – (quinta-feira) – Curitiba – PR – Teatro Guairinha – 21h
07 – (domingo) – São Paulo – SP – Auditório Ibirapuera – 19h
10 – (quarta-feira) – Brasília-DF – Teatro da Caixa Cultural – 20h
11 – (quinta-feira) – Belo Horizonte – MG – Cine Teatro Brasil Vallourec – 21h

Texto publicado em ImprensaPubli, Shows com as tags , , . Link direto: URL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>